Nobel Ig mostra as descobertas científicas mais bizarras do ano Variedades

Ig Nobel awards mascot

O Prêmio Nobel Ig é um evento que acontece anualmente e que expõe as 10 descobertas científicas mais bizarras e engraçadas, que antes de fazer-nos pensar a respeito do que foi estudado, faz-nos rir. O nome vem da palavra “Anglófona”, que em inglês é “ignoble”, e significa algo desprezível, não nobre.  O termo em inglês faz um trocadilho com o Nobel, tao renomado prêmio da comunidade científica.

A premiação acontece na Universidade de Harvard todos os anos e tem o objetivo de fazer com que as pessoas pensem mais na ciência como, além de tudo, algo interativo e interessante, e não apenas sério. Sua origem é proveniente da revista Improbable Research (Pesquisa Improvável, no português) e acontece desde 1991. Os verdadeiros vencedores do Nobel de determinadas categorias são chamados para participar da cerimônia e até mesmo a entregar os prêmios.

Bom, o de 2013 teve várias premiações interessantes:

 

IgNobel de Medicina

Este prêmio foi dado a um grupo de pesquisadores japoneses que fizeram testes em ratos que foram submetidos a transplante cardíaco. Um grupo ficava ouvindo música, e o outro não. Dentre o que ouvia, era posta ópera e dividido em outros dois subgrupos. O que ouvia Giuseppe Verdi, na música  “La traviata”, sobreviveu cerca de 27 dias. O que ouvia a irlandesa Enya, apenas 7 dias. Por outro lado, o grupo que teve seu coração transplantado e não ouvia música sobreviveu apenas uma semana. Cômico, mas agora já sabe, se seu rato fizer um transplante, coloque-o para ouvir ópera.

Rato-opera

 

IgNobel de Psicologia

O prêmio na categoria da Psicologia foi para os alunos da Universidade de Grenoble, na França,  que desenvolveram uma pesquisa que apenas confirma algo que acontece desde sempre nas sociais e nas universidades como um todo: aqueles que bebem acham que ficam mais bonitos, legais, engraçados, inteligentes, dançarinos, etc… O que acontece é que eles realmente só pensam isso a partir do efeito do álcool no organismo desses coitados.

bebado-bonito

 

IgNobel de Biologia 

Essa categoria tão interessante premiou um grupo de pesquisadores da Universidade de Lund, na Suécia, que comprovou que o escaravelho se movimenta através da posição da Via Láctea. É um tipo de besouro conhecido pela sua utilização na época do Egito antigo, onde era visto como um animal sagrado.

escaravelho

 

IgNobel de Tecnologia de Segurança 

Essa categoria premiou o americano Gustavo Pizzo que desenvolveu uma tecnologia ‘muito útil’ para pessoas que, ‘eventualmente’, roubam aviões. É, não é algo que seria muito usado, mas no caso dos americanos e os acontecimentos através da história, seria uma medida de precaução. O ladrão ficaria preso numa cabine dentro do próprio avião que depois de um tempo seria auto-ejetada com um paraquedas que levaria o ‘sequestrador’ até o chão e os policiais locais seriam avisados. Sua utilidade é realmente um tanto quanto limitada.

ejetar-aviao-seguranca-gustavo

 

IgNobel de Química

Sabe aquele momento que você chega na cozinha e alguém está chorando, e por um instante se preocupa até ver que ela está, na verdade, cortando cebola? Pois então.. A cebola, quando cortada, libera enzimas que causam irritação nos olhos e esse foi o foco de pesquisa de um grupo de pesquisadores japoneses. Bom, não é um tema tão interessante logo de cara, mas uma solução para esse problema seria até boa para quem passa pelo problema.

cebola-chorando

Loja Construir

 

IgNobel de Física 

Todos sabem que os humanos não tem, pelo menos em seu estado natural e nas características da atmosfera terrestre,a capacidade de andar sobre as águas, porém, algumas espécies de lagartos sim. A morfologia humana não permite, a não ser que a gravidade seja reduzida drasticamente, como na lua, por exemplo. É isso que comprova a pesquisa de um grupo italiano que levou o prêmio da física.

andandosobreagua

 

IgNobel de Arqueologia

O prêmio de arqueologia foi dado para dois pesquisadores da Universidade do Estado de Nova York que fizeram um experimento ‘totalmente novo e também muito útil’ que fala de qual a ação que o corpo humano faz para digerir os ossos do musaranho, um pequeno mamífero. Eles comeram um dos pequenos bichos cada um e depois analisaram suas fezes para saber qual osso foi ou não dissolvido do processo digestivo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

IgNobel da Paz

Bom, esse prêmio realmente foi merecido. O presidente da Bielorrússia, Alexander Lukashenko, pensando naqueles que são incomodados com o ato de bater palmas, proibiu que o faça em público, mas com uma exceção para aqueles que forem assim pegos, mas tiverem apenas um braço. É, nem todas os prêmios tem uma noção mínima de acontecer.

palmas

 

IgNobel da Probabilidade

Essa parte é realmente genial. Ninguém deveria morrer sem saber disso. Um grupo de pesquisadores do Reino Unido fizeram estudos que comprovaram que quanto mais tempo uma vaca estiver deitada, maior a probabilidade de ela levantar, mas assim que ela levanta, é quase impossível saber quando ela vai voltar a deitar. A pesquisa tinha o objetivo de descobrir se uma vaca está mais propicia a ficar deitada ou levantada.

vaca

 

IgNobel da Saúde Pública

O prêmio para a melhor pesquisa foi por um grupo que verificou quais os métodos mais eficazes e seguros de fazer uma amputação peniana nos habitantes tailandeses. A pesquisa mostra quais as maneiras que podem ser aplicadas em quase todos os casos, menos no de um pato ter mordido o pênis do indivíduo. Outra que realmente servirá de alguma coisa. Cuidado com patos.

patos

 

Fontes: Abril e IgNobel.

 

Aproveite também para conhecer nossa LOJA VIRTUAL, onde você encontrará vários cursos em DVD com CERTIFICADO reconhecido pela ABED – Associação Brasileira de Educação à Distância. Assim, além de aprender a manipular um novo software, ainda poderá usar a carga horária do curso para apresentar no relatório das Atividades Complementares de sua faculdade!!!

 

Logo construir + ABED transparente

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Loja Construir
Nobel Ig mostra as descobertas científicas mais bizarras do ano
1 vote, 4.00 avg. rating (83% score)

Tenho 18 anos e sou estudante de Engenharia Civil da Univix – Faculdade Brasileira, em Vitória, Espírito Santo.