Bus Rapid Transit – uma alternativa para o trânsito de São Paulo?!? Variedades

Expresso_tiradentes_-_002

O sistema Bus Rapid Transit (BRT), que significa “Transito rápido de ônibus” consiste na adoção de vias específicas para ônibus, sejam essas no nível da pista ou de forma elevada. É, assim como um metrô, dividida por estações onde as pessoas vão para ter acesso a qualquer linha.

O primeiro desse tipo instalado no Brasil foi na cidade de Curitiba-PR, que assim como vários outros países como a Espanha, Canadá, França, México, etc., adotam essa ideia como alternativa para os caros custos de instalação e manutenção do sistema metropolitano, conhecido como metrô, desafogando o forte fluxo de veículos no transito de forma significativa.

 

expresso-tiradentes-prefeitura-

 

Todos sabem como a cidade de São Paulo simplesmente para durante os horários de pico. Muito movimento e muitos acidentes devido a imprudência das pessoas ao volante. Com quase 12 milhões de habitantes e uma densidade de 7 762,3 hab./km², uma única alternativa de reduzir o tempo no trânsito não funcionaria. Em 2012 uma média de 3,2 milhões de pessoas passaram, por dia, pelo metrô, e isso sem contar os ônibus e sistema de trens. Mesmo assim não é suficiente. O projeto que se somaria a esses nasceu em 1995, no governo de Paulo Maluf, mas só foi iniciado em 1997, já no comando de Gilberto Pitta, com o nome de Fura-fila. Hoje, a obra que teve muitas paralisações e ainda não está concluída, é nomeada de Expresso Tiradentes.

 

M2081S-1029

 

Em 2007 o primeiro trecho foi entregue devida a continuação das obras pelo governo de Gilberto Kassab, e faz a ligação entre os terminais ‘Sacomã’ e ‘Mercado’, que fica no Parque Dom Pedro, no centro da cidade e é apenas uma pequena parte desse sistema. Seu objetivo principal é unir o centro ao extremo leste da cidade.

Loja Construir

Os moradores da Cidade Tiradentes, que é o distrito que nomeia o sistema, terão, finalmente uma linha direta ao Terminal Vila Prudente, onde poderão se movimentar entre os terminais utilizando um bilhete único. A possibilidade de integração com uma única passagem será dentro de um tempo de duas horas, e ajudará as pessoas que gastavam até 40 minutos para chegarem ao destino final, e agora gastarão apenas 20. O percurso não é tão longo. São apenas 8 km dos 31,8 de todo o projeto que foram concluídos.

 

expresso-tiradentes-linha

Tantas modificações ao passar do tempo fizeram com que a característica inicial do sistema mudasse também. De corredor suspenso passou a ser um VLP, que é um sistema de metrô mais leve e barato, mesmo que em um trecho menor.

A base é de 65 carros que se revezariam e passariam de 3 em três minutos pelos terminais entre as linhas inicial e final. Aceleraria o trânsito de pessoas por esse trecho e desafogaria também o sistema de metrô e ônibus que passam normalmente pelas ruas.

O preço estimado do projeto é de 2,3 bilhões de reais e espera-se que esteja totalmente pronto e em funcionamento em 2016.

Fontes: MetroSP, Wikipedia, Independência ou Morte.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Loja Construir
Bus Rapid Transit – uma alternativa para o trânsito de São Paulo?!?
1 vote, 5.00 avg. rating (93% score)

Tenho 18 anos e sou estudante de Engenharia Civil da Univix – Faculdade Brasileira, em Vitória, Espírito Santo.