Engenharia de Materiais Carreiras

capa 2

 

Ao longo de décadas, assistimos a um notável desenvolvimento científico e tecnológico em todos os setores, apoiado no uso intensivo de novos e cada vez mais sofisticados materiais. Com isso, tornou-se evidente uma importante e atraente expansão de campo de atuação profissional, fazendo com que surgisse esse novo ramo da Engenharia, que é voltado para a pesquisa de materiais e de novos usos industriais para os materiais já existentes. Esta engenharia está presente em praticamente todos os produtos fabricados pelo homem – de um rudimentar botão de camisa ao mais sofisticado dos computadores. 

 

DSC01626

O que faz um engenheiro da área? 

A função do Engenheiro de Materiais é adequar, desenvolver e pesquisar metais, cerâmicas, plásticos e compósitos. O Engenheiro de Materiais estuda os materiais em todas as suas características e propriedades. Ele tem responsabilidade por todo o processo desde a seleção da matéria-prima até a definição dos métodos de produção e utilização do material. É também função deste Engenheiro produzir materiais cada vez mais econômicos, recicláveis e inteligentes, possibilitando que novos produtos sejam criados.

 

Qual o piso salarial da categoria?

Para 6 horas diárias: Piso de 6 salários mínimos (aproximadamente 4 mil reais) 

Para 7 horas diárias: Piso de 7,5 salários mínimos (aproximadamente 5 mil reais) 

Para 8 horas diárias: Piso de 9 salários mínimos (um pouco mais de 6 mil reais) 

Observação: O engenheiro que trabalha 06 horas por dia deverá receber 06 salários mínimos, e aqueles que trabalham acima de 06 horas, deverão acrescentar, a cada hora, o percentual de 50%. (O piso apresentado aqui é calculado com base no salário mínimo de  678 reais) 

engenharia-materiais-post-m

 

Quais as exigências para se atuar na profissão?

Diploma de bacharel em Engenharia de Materiais

- Estar registrado no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea). 

Loja Construir

O Conselho Regional de Química 4ª região e o Conselho Regional e Engenharia e Arquitetura (CREA) podem conferir também ao Engenheiro de Materiais as atribuições do Engenheiro Químico ou Engenheiro Metalúrgico, dependendo da ênfase escolhida, e da grade curricular cursada na faculdade.

 

Na faculdade, qual a base da grade curricular? 

As matérias mais estudas são física e química. A partir do sexto semestre o futuro engenheiro de Materiais tem que optar por uma ênfase: Materiais Metálicos ou Materiais Poliméricos. A partir daí, o currículo dá ênfase às disciplinas relacionadas com a escolha que tiver sido feita. Boa parte da carga horária é passada em laboratório, onde o aluno se familiariza com as propriedades e as aplicações desses materiais. Nas aulas práticas, ele pesquisa e desenvolve novas ligas metálicas, compostos cerâmicos e polímeros, como borrachas, resinas, plásticos, acrílicos e materiais supercondutores. Para ver um exemplo de grade curricular, consulte o site do Mackenzie.

materiais

 

O estágio é obrigatório?

Sim, porém a carga horária varia conforme a instituição de ensino.

 

Sem título

 

 

————————————————————————-

Fontes: FEI, VUNESP,  UTFP, Makenzie, Guia do Estudante.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Loja Construir
Engenharia de Materiais
1 vote, 5.00 avg. rating (93% score)

Veterana em Edificações do IFSP, é desde 2008, graduada também na área de humanas .