Engenharia Automotiva Carreiras,Sem Categoria

automotiva1

Conhecida também por engenharia automóvel e engenharia automobilística; a engenharia automotiva tem íntima relação com o de Engenharia Mecânica. Pouquíssimos cursos no Brasil possuem estas denominações, sendo comum haver engenheiros mecânicos trabalhando na indústria automotiva. Há inclusive cursos de graduação em mecânica que oferecem automotiva como ênfase. A princípio, o profissional desta área tem formação mais especializada, mas isso não restringe necessariamente sua possibilidade de inserção profissional. Os conhecimentos e competências que o profissional desenvolve durante a graduação permitem sua inserção em indústrias e empresas correlatas.

 

O que faz um engenheiro da área?Sem título

Na indústria automotiva as funções deste profissional passam por criar, planejar e gerenciar a produção de máquinas e equipamentos específicos do campo automotivo, sistemas de refrigeração ou de aquecimento, melhoria de sistemas como de câmbio ou frenagem, etc. Seu trabalho pode ir desde a construção de um projeto, em que calcula itens como quantidade de material e recursos técnicos a serem utilizados, passando pelo acompanhamento da execução até a verificação da qualidade final do produto ou do processo de trabalho.

 

Na faculdade, qual a grade curricular?

Audi / Senai   O curso é bastante procurado por profissionais que buscam a capacitação técnica e de gestão de empresas do setor automotivo. É ensinado como conteúdo: Projeto e Arquitetura de Veículos, Tópicos Especiais de Engenharia Automotiva, Gerenciamento de Custos e Investimentos, Sistemas de motorização de veículos convencionais (Otto e Diesel) e alternativos, Termodinâmica e fenômenos termomecânicos associados ao funcionamento veicular. São também apresentados fundamentos de eletrônica e engenharia de software veicular embarcada e mecanismos de atuação e controle em veículos leves e pesados.

Para complementação da grade, em algumas faculdades como a UnB e UFSC, são tratados também os conhecimentos referentes à gestão da produção, aspectos gerenciais, econômicos e comerciais associados ao setor automotivo, desenvolvimento de design industrial de veículos com avaliação de tendências de mercado, assim como questões ambientais associadas ao uso e à produção de veículos.

Estudantes construindo protótipo para a PoliRacing - USP

Estudantes construindo protótipo para a PoliRacing – USP

Na USP, o CEA (Centro de Eng. Automotiva) incentiva que os alunos do curso de Engenharia Mecânica da Escola Politécnica da USP conheçam e optem, se tiverem interesse, pelo Bloco de Engenharia Automotiva. Trata-se de um conjunto de quatro disciplinas, ministradas no 5º ano do curso, que introduzem os alunos ao projeto de veículos automotores. O CEA também promove a elaboração de trabalhos de formatura sobre temas relacionados com a Engenharia Automotiva.

Loja Construir

Ainda na USP, a Escola de Engenharia de São Carlos possui o curso de Engenharia Automobilística, que segue o mesmo padrão.

 

O estágio é obrigatório?

Sim

 

Salário - Piso Salarial

Para 6 horas diárias, o piso é de 6 salários mínimos (aproximadamente 4 mil reais)

Para 7 horas diárias, o piso é de 7,5 salários mínimos (aproximadamente 5 mil reais)

Para 8 horas diárias, o piso é de 9 salários mínimos (um pouco mais de 6 mil reais)

 

Observação: O salário mínimo profissional dos engenheiros é definido pela Lei 4.950-A/66. O engenheiro que trabalha 06 horas por dia deverá receber 06 salários mínimos, e aqueles que trabalham acima de 06 horas, deverão acrescentar, a cada hora, o percentual de 50%. (O piso apresentado aqui é calculado com base no salário mínimo de  678 reais)

 snowmobile2004

 

Fique de olho!

Locais para procurar estágios e empregos na área:
- Montadoras de veículos e máquinas instaladas no país, particularmente na Região Centro-Oeste;
- Indústria de autopeças;
- Concessionárias de veículos leves e pesados;
- Empresas de serviços de manutenção de máquinas agrícolas, terraplenagem, mineração, entre outras.

 

 

 

Dica!!

Uma dica recomendada por todos é sempre conferir quais instituições participam das duas principais competições estudantis do gênero, o Baja SAE e a Fórmula SAE. A lista dos competidores – e dos vencedores – mostra quais faculdades e universidades possuem um núcleo específico para alunos que sonham em construir carros.

 

Estudantes de Engenharia em competição na Fórmula SAE.

Estudantes de Engenharia em competição na Fórmula SAE.

 

 

 

Fontes: Guia do Estudante, CEA -Poli USP, UnB, UFSC, AEA (Associação Brasileira de Engenharia Automotiva), Saebrasil, SEESP, Wikipedia.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Loja Construir
Engenharia Automotiva
0 votes, 0.00 avg. rating (0% score)

Veterana em Edificações do IFSP, é desde 2008, graduada também na área de humanas .