Oito especializações para um Engenheiro Eletricista Variedades

destaque eletrica

A Engenharia elétrica é a área profissional que lida com a geração, transmissão, transporte e distribuição da energia elétrica. O profissional da área tem o dever de planejar, supervisionar e executar projetos das áreas de eletrotécnica e qualquer coisa que relacione-se à potência de energia. Mas para todos esses processos ocorram e dentro de todas as áreas, estas que entram numa linha de controle de produção industrial, desenvolvimento de componentes eletroeletrônicos e alguns ainda mais específicos, como equipamentos médicos, terapêuticos, domésticos e comerciais, etc, há uma quantidade significativa de cursos de especialização, entre eles: Sistemas de energia elétrica ou de potência, Sistemas de eletrônica, Sistemas de microeletrônica, Sistemas de eletrônica de potência, Sistemas de telecomunicações, Sistemas de Computação, Sistemas de controle e automação e Sistemas biomédicos.

- Sistemas de energia elétrica ou de potência – Nessa área de especialização, estuda-se todo o processo de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica, adentrando à área de planejamento, estabilidade e proteção de redes elétricas, além da utilização de técnicas computacionais relacionadas diretamente aos sistemas de potência. Relaciona todo o processo de captação da energia e transmissão até as casa, seja essa feita por meio de usinas hidrelétricas, eólicas, nucleares ou térmico. É uma área muito complicada que necessita de uma série de estudos específicos para que não haja problemas, já que esses problemas atingiriam toda a população que usufrui daquela energia.

 

elétrica ou de potência

 

- Sistemas de eletrônica – Na especialização em eletrônica estuda todo o processo de desenvolvimento de circuitos eletrônicos para a aquisição, tradução e armazenamento de dados como os de temperatura, pressão, umidade, transmissão por radiofrequência, dados de computador e médias de energia e para o desenvolvimento e geração de dados. 

Sistemas de microeletrônica – Aqui será a área que estudará circuitos integrados para sistemas de computação, telecomunicação, entretenimento e equipamentos eletrônicos em geral, desenvolvendo softwares para que tudo funcione perfeitamente. Estuda-se como projetar, fabricar e testá-los, até que dê certo. Entra na parte que trabalha com nanotecnologia, usando para a produção de placas de computador e até mesmo aquele pequeno chip para celulares.

 

Microeletronica

 

Sistemas de eletrônica de potência – Quando se trata do estudo dos sistemas de potência, está voltado para a potência elétrica em dispositivos, o acionamento de máquinas elétricas, simulação digital de maquinas, controle de motores e conversores de cargas elétricas especiais. É a área que analisa qual a potencia necessária para cada aparelho e faz a transformação do fluxo de energia (corrente) que será necessária para que faça funcionar. A transformação da energia em um carregador de celular, por exemplo, que pode estar sendo conectado a uma voltagem de 220 ou de 110, também de secadores de cabelo, ferros de passar roupa e outros aparelhos móveis que fazem essa transformação automaticamente. Alguns, como eletrodomésticos, exigem um trabalho manual, mas que também é estudado por quem está especializado em sistemas de potência. Estuda também as maneiras mais eficientes de distribuição de energia e como produzi-las de maneira mais sustentável.

Loja Construir

- Sistemas de telecomunicações – Nessa especialização faz-se um estudo completos de sistemas de áudio e vídeo, além de antenas e propagação de ondas eletromagnéticas, micro-ondas, telefonia, fibras ópticas, telecomunicação por satélite, captação e processamento analógico e digital de sinais. É a transmissão de informações de qualquer tipo, seja através de fios ou não, relacionada diretamente ao eletromagnetismo.

 

sistemas de telecomunicação

 

- Sistemas de Computação – Aqui é o estudo de sistemas operacionais para computador, por exemplo, e a produção de novas tecnologias de interface e de sistemas e redes digitais em gera, trata da computação gráfica e do CAD, ferramenta extremamente essencial para a área da construção civil, analisando sistemas computacionais e a tecnologia da computação. É  execução através de algoritmos, melhorando a interatividade e velocidade com que os programas funcionam.

- Sistemas de controle e automação – Hoje há uma engenharia que trata especificamente sobre esses assuntos, mas um engenheiro eletricista pode também especializar-se e ser ainda mais completo numa área tão movimentada. Os sistemas de controle a automação tratam dos processos industriais por computador, sistemas para a automação industrial, desenvolvimento de robótica, controle óptico, desenvolvimento de inteligente artificial por softwares, controles adaptativos e não-lineares. Essa especialização é comparada frequentemente à área da Mecatrônica, mas o que diferencia-as é o foco a qual é voltado o estudo principal. Enquanto na mecatrônica está mais voltada a parte da mecânica, na de controle e automação está a parte elétrica do processo.

 

Controle e automação

 

Sistemas biomédicos – A utilização de sistemas e equipamentos mais modernos que façam assistência em hospitais e clínicas, obviamente não são produzidos por quem os utiliza, então ai entra o engenheiro eletricista com uma especialização voltada a isso. Desenvolve equipamentos clínicos e para laboratórios, ainda o desenvolvimento de sistemas computacionais que deem suporte para a diagnosticação de doenças e melhora nos sistemas de gestão dos hospitais. Há o engenheiro biomédico que além de trabalhar no desenvolvimento de próteses participa dessa área, mas não tem as especificações técnicas da parte de elétrica tão específicas quando o engenheiro eletricista.

 

engenheiroeletricista

 

Bom, estas são as áreas de especialização de um engenheiro eletricista. É claro que há outras, mas essas são as que mais se destacam. Muita gente ouve que as engenharias que mais crescem no Brasil são as relacionadas à construção civil e mecânica, mas para que tudo isso funcione, precisamos de eletricidade, não é mesmo? A área está a todo vapor e com a finalização da Angra 3 e da hidrelétrica de Belo Monte, haverá ainda mais oportunidades de emprego. Com tanta tecnologia aparecendo, todo mundo fica atrás de uma tomada quando está em ambientes diferentes. Ótimo mercado e com muita oportunidade de trabalho..

E ai, você que faz engenharia elétrica, já sabe no que se especializará??

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Loja Construir
Oito especializações para um Engenheiro Eletricista
1 vote, 5.00 avg. rating (93% score)

Tenho 18 anos e sou estudante de Engenharia Civil da Univix – Faculdade Brasileira, em Vitória, Espírito Santo.