O contraste entre o luxo da Fifa e o interior do Brasil. Variedades

arealxsorteiodacopa122

O abismo social entre o luxo da Copa do Mundo e a fome que várias regiões do país passam não está tão distante. Em cada passo que os representantes da FIFA dão, maior o público que vê tudo aquilo sem a menor expectativa de uma mudança em suas vidas, em sua rotina.

Um contraste recente e gritante foi durante o sorteio dos grupos da copa, que aconteceu em um luxuoso resort na Costa do Sauipe, na Bahia. Bem ao lado, a 3 quilômetros, fica uma das comunidades mais pobres da região e que sofre muito com a falta de investimento, a pequena Areal, que é do município de Mata de São João. Lá, de acordo com um de seus pacatos moradores, as atividades diferentes são bem limitadas: “o que fazemos aqui é ir na igreja e levar as crianças na escola”. Deixa claro o quão distante estão das realidades de uma copa da elite brasileira.

O evento, que que reuniu os representantes de todos os times classificados, jogadores, jornalistas, empresários, patrocinadores e políticos, custou cerca de R$ 26 milhões. Desses, R$ 6,5 milhões saíram dos cofres do governo baiano. Enquanto isso, de acordo com João Bonfim, que mora em Areal, de vez em quando alguém mexe na estrada, e os investimentos são escassos. Tanto que os próprios moradores não pensaram em se iludir com uma possível melhoria do local por conta do evento. Todos já sabiam que as melhorias “não cairiam do céu”, e que aquilo chegaria e passaria da mesma maneira.

A estrada que corta Areal é a BA-099, uma rodovia estadual cercada por palmeiras, mas que teve como maior atração aquele monte de carros pretos, fechados, com vidros escuros e com pessoas que presenciariam o evento. Alguns dos moradores não se deram ao trabalho nem mesmo de sair de casa para ir conferir mais de perto a movimentação. Outros, como uma mulher que estava em um bar visitado, esperava ganhar pelo menos um desses bonés de patrocinador.

A placa que indicava a entrada da cidade era aparentemente escrita a mão, e as casas bem simples. Havia uma com placa de “Vende-se” e um telefone de contato. O valor era apenas R$8,000, e sobre o imóvel o próprio proprietário disse: “Mas ela não está rebocada, não tem nada. É 10 x 15 m. Só comprei o terreno, mas cabe uma cama lá. Tem sofá, produtos pra limpar. Ôxa se dá pra morar”.

Enquanto os olhos do mundo focam no resort em Arraial, com todo o luxo da FIFA, suas grandes piscinas, campo de golf e os carrinhos para se descolocar, pontes interligando os hotéis lá de dentro, carros tops de linha e um evento em uma “simples” tenda avaliada em R$4,5 milhões, os moradores de Areal, a 3 km dali, continuam sua vida simples, e seu Pedrinho, morador conhecido, continua como sempre cuidando de seu bar e da capela da cidade, sem se preocupar com o que está tão perto.

Confira a seguir, em primeiro momento, as fotos de Areal, e logo depois, o luxuoso resort que recebeu a cerimônia.

Loja Construir

arealxsorteiodacopa

arealxsorteiodacopa1

arealxsorteiodacopa13

arealxsorteiodacopa12

arealxsorteiodacopa11

arealxsorteiodacopa213

arealxsorteiodacopa2

arealxsorteiodacopa21

3arealxsorteiodacopa21

 

Fonte: UOL;

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Loja Construir
O contraste entre o luxo da Fifa e o interior do Brasil.
0 votes, 0.00 avg. rating (0% score)

Tenho 18 anos e sou estudante de Engenharia Civil da Univix – Faculdade Brasileira, em Vitória, Espírito Santo.