Concreto Biológico para fachadas verdes! Sustentabilidade,Tecnologia

cimento-ecologico-liquens

Mais uma novidade sustentável está chegando para aquecer esse mercado que continua tão caro e sem a devida e necessária atenção. Dessa vez, mais uma inovação na produção de concreto toma conta da comunidade científica. O Concreto Biológico tem a capacidade de fazer, com uma velocidade maior do que a normal, crescer organismos naturais e pigmentadas que trazem uma série de vantagens para a construção.

As qualidades não estão apenas na estética, mas também a parte térmica e ambiental. É um fator importante para a retenção de calor e também na repulsão do mesmo quando em grande quantidade, além disso tem um fator determinante na capacidade de absorção e redução dos níveis de CO2 da região, já que o revestimento terá uma “capa verde” ao seu redor. A parte estética está constituída com a facilidade de reprodução. Dependendo da área, em poucos meses já está coberta, sendo que, de acordo com a época do ano, pode haver uma alta variação de coloração e a redução de custos maiores de revestimento. A ideia é criar uma “tinta viva” e entrar no verdadeiro sentido da sustentabilidade tão procurada por arquitetos, pois valoriza a obra.

cimento-ecologico-liquens2

Os pesquisadores são da  Universidade Politécnica da Catalunha, localizada na Espanha, e fazem parte do Grupo de Tecnologia de Estruturas. Eles desenvolveram o material através de dois materiais básicos, ambos à base de cimento. O primeiro é de carbonato de concreto convencional, e seu ph aproxima-se de 8, de caráter básico. O segundo é produzido a partir do fosfato de magnésio. Seu ph é ácido, mas pouca coisa, não necessitando de tratamento para que passe ao meio básico. Devido a sua característica de não causar muito impacto ambiental, o último já vem sendo usado como massa ecológica no campo médico e médico dentário. Ele age como um suporte biológico para a proliferação dos organismos que farão parte do revestimento externo.

Loja Construir

Essa parte externa é composta por três painéis que desempenham funções essenciais para que a tecnologia funcione. O primeiro está em contato direto com a estrutura, é uma camada de selagem que impede problemas de infiltração, excesso de umidade e goteiras, por exemplo. A que fica sobre ela  retém o líquido da chuva e facilita o desenvolvimento e proliferação da camada biológica. A terceira é um revestimento, que evitará que essa água saia do meio, além de direcioná-la para os lugares onde a camada verde deve crescer mais.

Além de muito boa para o edifício e para o meio ambiente, a tecnologia é simples, não necessitando de complexas estruturas para sustentação das plantas, e também pode ajudar a reabilitar prédios que utilizem o mesmo sistema de parede viva apenas aplicando uma nova camada de revestimento. É bom para a visão, é bom para a natureza e para o bolso. Ele em breve será comercializado pela empresa catalã Escofet 1886 SA, que adquiriu os direitos de produção da patente.

Fontes: Público, PenseImoveis.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Loja Construir
Concreto Biológico para fachadas verdes!
0 votes, 0.00 avg. rating (0% score)

Tenho 18 anos e sou estudante de Engenharia Civil da Univix – Faculdade Brasileira, em Vitória, Espírito Santo.