Como aposentar um avião? Tecnologia,Variedades

Como aposentar um avião

Você já parou para pensar que um avião, assim como um carro, uma hora fica velho demais para continuar trabalhando? Normalmente, o ciclo de vida dessas máquinas dura de 20 a 25 anos. E depois, o que acontece com eles?

Com 12 mil novos aviões no valor de 1,3 trilhão de dólares que deverão ser entregues até 2020, a reciclagem dos modelos descartados tornou-se uma questão crucial no setor aeronáutico.

O Aeroporto de Estocolmo, Arlanda, por exemplo, é o lar de um dos ícones mais incomuns na aviação. Um velho Boeing 747 hoje em dia funciona como uma pousada de 25 quartos. Outros aviões já foram arrematados por excêntricos para serem reformados e transformados em casas e hotéis. Porém, nem todos os aviões descartados conseguem uma aposentadoria tão feliz. Muitos se encontram abandonados nos cantos mais remotos do mundo, ou são enviados para aterros sanitários.

Tais perspectivas, em breve serão coisa do passado. De acordo com a Aircraft Fleet Recycling Association (AFRA) até 12.000 aeronaves poderão ser destruídas nos próximos 20 anos. Em 2016, os processos para reciclar 90% de uma aeronave estarão funcionando perfeitamente. Atualmente, recicla-se em torno de 80% a 85% e há apenas alguns anos, somente 50%.

A Air France, por exemplo, está agora trabalhando na desmontagem dos seus aviões antigos, ao invés de vendê-los. No entanto, mais companhias aéreas precisam se envolver. Encomendas recordes significam mais aeronaves sendo demolidas, principalmente porque há menos mercados para vender os modelos antigos.

avião

Loja Construir

O valor de uma aeronave desativada varia consideravelmente. Motores, mobiliários e equipamentos eletrônicos em boas condições de funcionamento, obviamente, valem alguma coisa.

Outra grande armadilha neste processo é a legislação, pois não há nada específico para a aviação em qualquer um dos principais mercados, mas a União Europeia, por exemplo, tem normas rigorosas em matéria de ciclos de vida dos produtos em outras áreas, tais como automóveis.

Olivier Malavallon, diretor de projetos e meio ambiente da Airbus, diz que a desmontagem seletiva pode maximizar o valor dos materiais vendidos para posterior reciclagem, e também garantir a conformidade do processo com os regulamentos aplicáveis, de saúde e segurança ambiental. “No entanto, instalações exclusivas e aprovações específicas são necessárias para executar essas tarefas em países desenvolvidos como a Europa”, observa ele. “A única forma viável e segura para proprietários de aeronaves é fazer com que a aeronave seja desmontada em um centro aprovado.”

Fonte: www.airbus.com

Texto de Fabiana Martins especialmente para o blog Engenharia do Futuro.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Loja Construir
Como aposentar um avião?
0 votes, 0.00 avg. rating (0% score)

Engenharia do Futuro

Espaço para engenheiros e (futuros) engenheiros!!! São bem-vindos todos que gostam do mundo da engenharia!