Apenas 51,7% das obras de aeroportos e mobilidade urbana para a Copa estão prontas! Engenharia Civil

obras-aeroporto de viracopos

Aproveitando o clima de Copa do Mundo, o maior evento esportivo de todos e que dessa vez é aqui no nosso grande Brasil, vamos falar sobre o que foi realmente cumprido das promessas feitas à FIFA durante a candidatura do nosso país.

Durante o planejamento da Matriz de Responsabilidades do Governo Federal para as cidades-sede, foram projetadas 87 obras, entre elas aeroportos e aquelas de mobilidade urbana, como estradas, estacionamentos, metrôs, etc. Desse total, apenas 51,7% foi entregue para receber os turistas e os próprios brasileiros durante o período do evento. É, apenas 45 delas foram inauguradas, sendo ainda que dessas, 15 estão incompletas, e que tiveram que entrar em funcionamento sem alguma ala, ou sem alguns dos serviços em total funcionamento.

Obras de Infraestrutura em Belo Horizonte e Manaus

Obras de Infraestrutura em Belo Horizonte e Manaus

As outras 42 obras estão divididas naquelas que ainda serão entregues, que são 10. Durante os jogos elas começarão a funcionar e ajudarão de alguma maneira. Outras 32 foram completamente descartadas e não tem condições de receber o fluxo, então só ficarão prontas mesmo depois da copa, sabe-se lá em quanto tempo.

Dos 13 aeroportos que deveriam ficar prontos, apenas nove foram entregues. Ainda foi um grande número, pelo menos, mas ainda assim, dos 9 “prontos”, 4 não estão realmente finalizados. O que teve maior atraso foi o Aeroporto Internacional de Fortaleza, que após vários problemas teve contrato rescindido com a construtora e agora as obras só deverão ficar prontas em 2017. Há em funcionamento um novo terminal provisório, mas não se vai funcionar, só assim que o fluxo começar de verdade.

Loja Construir
Obras do Aeroporto de Fortaleza

Obras do Aeroporto de Fortaleza

 

Os descartados foram os de Manaus, Marechal Rondon, Recife e Salgado Filho, e os que foram entregues ainda com pendências e sem prazo de finalização foram os de Confins, Rio de Janeiro e Viracopos (Campinas). No Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, no Rio Grande do norte, o problema maior foi nas obras do entorno, que deveriam contar com um prolongamento da Avenida Prudente de Morais, que daria acesso direto à Arena das Dunas. Infelizmente ele não ficou pronta e teve de ser entregue ainda inacabada.

Entre os estados que contarão com uma cidade-sede, o Rio Grande do Sul foi o que mais teve obras descartadas. Entre as obras que ficarão prontas apenas na segunda metade do ano, assim que os jogos tiverem terminado, estão um sistema de monitoramento dos corredores da BRT, e as próprias obras desses das avenidas Bento Gonçalves, João Pessoa e Protásio Alves. A rodoviária ainda não está pronta, mas em junho pode ser entregue. Há também aquelas que serão entregues em anos seguintes, como a duplicação da Avenida Tronco e da Rua Voluntários da Pátria.

Por outro lado, também há aquele estado com o maior número de obras entregues e totalmente prontas, e quem levou a bola da vez foi Pernambuco, com 12 delas. As outras estão espalhadas pelo Rio de janeiro (1), São Paulo (2), Mato Grosso (1), Minas Gerais (5), Distrito Federal (2), Bahia (2), Paraná (4) e Rio Grande do Norte (1).

Fonte: Infraestrutura Urbana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Loja Construir
Apenas 51,7% das obras de aeroportos e mobilidade urbana para a Copa estão prontas!
0 votes, 0.00 avg. rating (0% score)

Tenho 18 anos e sou estudante de Engenharia Civil da Univix – Faculdade Brasileira, em Vitória, Espírito Santo.