10 profissões estranhas que hoje não existem mais! Carreiras

ProfissõesExtintas_interna

Nem sempre tivemos algumas tecnologias muito simples e simplesmente indispensáveis na nossa vida, como as lâmpadas elétricas em postes e o simples e irritante despertador. E então como é que as pessoas acordavam e as ruas eram iluminadas? Havia pessoas que trabalhavam exclusivamente com isso e com várias outras coisas que hoje foram substituídas. Certamente, assim como eu, você, leitor, nunca imaginou realmente como as coisas aconteciam antes dessas tecnologias.

Confira abaixo, 10 profissões do passado que são inimagináveis nos dias de hoje:

Loja Construir
Os ACENDEDORES DE POSTES tinham o dever de iluminar o caminho, literalmente. As redes elétricas não circulavam toda a cidade, e os postes não tinha sistemas elétricos de acendimento. O trabalho era feito pelos profissionais, que iam de rua em rua para iluminá-las.

Os ACENDEDORES DE POSTES tinham o dever de iluminar o caminho, literalmente. As redes elétricas não circulavam toda a cidade, e os postes não tinha sistemas elétricos de acendimento. O trabalho era feito pelos profissionais, que iam de rua em rua para iluminá-las.

ACENDEDOR DE POSTES

ACENDEDOR DE POSTES

Boliche é um esporte bem antigo, e antes não havia aqueles sistemas que simplesmente deixam os pinos em pé. Era tudo na mão, e as pessoas ficavam logo acima da área dos pinos e recolhia-os, colocando no lugar correto. Um erro poderia custar algumas unhas desses ARMADORES DE PINO DE BOLICHE.

Boliche é um esporte bem antigo, e antes não havia aqueles sistemas que simplesmente deixam os pinos em pé. Era tudo na mão, e as pessoas ficavam logo acima da área dos pinos e recolhia-os, colocando no lugar correto. Um erro poderia custar algumas unhas desses ARMADORES DE PINO DE BOLICHE.

ARMADORES DE PINO DE BOLICHE

ARMADORES DE PINO DE BOLICHE

Ratos são muito atraídos por sujeira e falta de higiene, e em tempos mais antigos, era algo normal nas ruas da cidade, já que não havia sistemas eficientes de controle disso. O que acontece é que, sem os CAÇADORES DE RATO, havia infestações. Os profissionais então entravam nos esgotos e caçavam esses roedores. Pelo o que podemos ver na foto, para alguns isso era bem prazeroso.

Ratos são muito atraídos por sujeira e falta de higiene, e em tempos mais antigos, era algo normal nas ruas da cidade, já que não havia sistemas eficientes de controle disso. O que acontece é que, sem os CAÇADORES DE RATO, havia infestações. Os profissionais então entravam nos esgotos e caçavam esses roedores. Pelo o que podemos ver na foto, para alguns isso era bem prazeroso.

CAÇADORES DE RATO

CAÇADORES DE RATO

Como é que antigamente aqueles imensos troncos de madeira eram transportados? Hoje há aqueles grandes caminhões, mas antes era na base da mão, e para facilitar, os CARREGADORES DE MADEIRA usavam os rios próximos para leva-los por água.

Como é que antigamente aqueles imensos troncos de madeira eram transportados? Hoje há aqueles grandes caminhões, mas antes era na base da mão, e para facilitar, os CARREGADORES DE MADEIRA usavam os rios próximos para leva-los por água.

A refrigeração nem sempre existiu, certo? Então a solução era pegar diretamente da fonte os grandes blocos de gelo. As pessoas mais ricas e nos lugares onde é capaz encontrar, pagavam pelos blocos obtidos pelos CORTADORES DE GELO que ajudavam a refrigerar seus alimentos.

A refrigeração nem sempre existiu, certo? Então a solução era pegar diretamente da fonte os grandes blocos de gelo. As pessoas mais ricas e nos lugares onde é capaz encontrar, pagavam pelos blocos obtidos pelos CORTADORES DE GELO que ajudavam a refrigerar seus alimentos.

CORTADOR DE GELO

CORTADOR DE GELO

Como falado na introdução, nem sempre tivemos os despertadores eletrônicos, e por isso havia gente responsável em acordar os clientes. Utilizavam pedras e varas, que faziam barulho nas janelas. Sem soneca, era um serviço bem instantâneo. Agora a dúvida: quem acordava os despertadores? :o

Como falado na introdução, nem sempre tivemos os despertadores eletrônicos, e por isso havia gente responsável em acordar os clientes. Utilizavam pedras e varas, que faziam barulho nas janelas. Sem soneca, era um serviço bem instantâneo. Agora a dúvida: quem acordava os despertadores? :o

DESPERTADOR HUMANO

DESPERTADOR HUMANO

O LEITOR era o profissional responsável por fazer uma distração para os operários das grandes fábricas e mantê-los entretidos enquanto trabalhavam.

O LEITOR era o profissional responsável por fazer uma distração para os operários das grandes fábricas e mantê-los entretidos enquanto trabalhavam.

LEITORES

LEITORES

Nem sempre as forças armadas tiveram tecnologia o suficiente para detectar a presença de aeronaves. Para isso existiam os RADARES HUMANOS, que usavam esses equipamentos grandes e nada discretos, que aumentavam a sua capacidade auditiva. Será que realmente funcionava?

Nem sempre as forças armadas tiveram tecnologia o suficiente para detectar a presença de aeronaves. Para isso existiam os RADARES HUMANOS, que usavam esses equipamentos grandes e nada discretos, que aumentavam a sua capacidade auditiva. Será que realmente funcionava?

RADAR HUMANO

RADAR HUMANO

RESSUSCITADORES é como eram chamados os responsáveis por buscar corpos para que as universidades pudesse usar como objeto de estudo. Antigamente, no século XIX, era muito difícil conseguir legalmente, então passaram a usar a maneira mais fácil.

RESSUSCITADORES é como eram chamados os responsáveis por buscar corpos para que as universidades pudesse usar como objeto de estudo. Antigamente, no século XIX, era muito difícil conseguir legalmente, então passaram a usar a maneira mais fácil.

TELEFONISTAS TELEFONISTAS - Hoje em dia, simplesmente discamos o número que queremos contatar, colocamos DDD, se necessário, etc. Antigamente tudo isso era feito manualmente, e as grandes empresas de telefonia é que faziam esse trabalho. Falava com um atendente que passava, enfim, a ligação para o destino final.

TELEFONISTAS TELEFONISTAS – Hoje em dia, simplesmente discamos o número que queremos contatar, colocamos DDD, se necessário, etc. Antigamente tudo isso era feito manualmente, e as grandes empresas de telefonia é que faziam esse trabalho. Falava com um atendente que passava, enfim, a ligação para o destino final.

TELEFONISTAS

TELEFONISTAS

 

Fonte: Hypeness

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Loja Construir
10 profissões estranhas que hoje não existem mais!
0 votes, 0.00 avg. rating (0% score)

Tenho 18 anos e sou estudante de Engenharia Civil da Univix – Faculdade Brasileira, em Vitória, Espírito Santo.